UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Área de identificação

Identificador

Forma autorizada do nome

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Forma(s) paralela(s) de nome

  • UFMG

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

  • Universidade

Área de contato

Tipo

Endereço

Endereço

Localidade

Belo Horizonte

Região

Minas Gerais - MG

Nome do país

Brasil

Código Postal

Telefone

Fax

Email

Nota

área de descrição

história

Em Minas Gerais, a primeira instituição de nível superior - a Escola de Farmácia, de Ouro Preto - data de 1839. Em 1875 é criada a Escola de Minas e, em 1892, já no período republicano, a antiga capital do Estado ganha também a Faculdade de Direito.

Em 1898, com a mudança da capital, a Faculdade de Direito é transferida para Belo Horizonte. Depois, em 1907, criou-se a Escola Livre de Odontologia e, quatro anos mais tarde, a Faculdade de Medicina e a Escola de Engenharia. E em 1911, surge o curso de Farmácia, anexo à Escola Livre de Odontologia.

A criação de uma universidade no Estado já fazia parte do projeto político dos Inconfidentes. A idéia, porém, só veio a concretizar-se em 1927, com a fundação da Universidade de Minas Gerais (UMG), instituição privada, subsidiada pelo Estado, surgida a partir da união das quatro escolas de nível superior então existentes em Belo Horizonte. A UMG permaneceu na esfera estadual até 1949, quando foi federalizada. Ainda na década de 40, foi incorporada ao patrimônio territorial da Universidade uma extensa área, na região da Pampulha, para a construção da Cidade Universitária. Os primeiros prédios erguidos onde é hoje o campus Pampulha foram o do Instituto de Mecânica (atual Colégio Técnico) e o da Reitoria. O campus só começou a ser efetivamente ocupado pela comunidade universitária nos anos 60, com o início da construção dos prédios que hoje abrigam a maioria das unidades acadêmicas.

O nome atual - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - só foi adotado em 1965.

À época da federalização, já estavam integradas à UFMG a Escola de Arquitetura e as faculdades de Filosofia e de Ciências Econômicas. Depois, como parte de sua expansão e diversificação, a Universidade incorporou e criou novas unidades e cursos. Surgiram então, sucessivamente, a Escola de Enfermagem (1950), a Escola de Veterinária (1961), o Conservatório Mineiro de Música (1962) e as escolas de Biblioteconomia (1962), Belas-Artes (1963) e Educação Física (1969).

Em 1968, a Reforma Universitária impôs profunda alteração à estrutura orgânica da UFMG. Desta reforma resultou o desdobramento da antiga Faculdade de Filosofia em várias faculdades e institutos. Surgiram, assim, a atual Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, o Instituto de Ciências Biológicas, o Instituto de Ciências Exatas e seus respectivos ciclos básicos, o Instituto de Geociências e as faculdades de Letras e de Educação.

Hoje, firmemente estabelecida como instituição de referência para o resto do país, a UFMG continua em franca expansão. Cinco cursos foram criados nos últimos quatro anos: Agronomia (em Montes Claros), Artes Cênicas, Engenharia de Controle e Automação, Matemática Computacional, Fonoaudiologia e, mais recentemente, Nutrição. As oportunidades de ingresso crescem continuamemente. Além de Belo Horizonte, o exame vestibular é agora realizado em doze cidades no interior do Estado - Conselheiro Lafaiete, Contagem, Coronel Fabriciano, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberlândia e Viçosa.

contexto cultural e geográfico

Mandatos/Fontes de autoridade

estrutura administrativa

Órgãos de deliberação superior

Conselhos
Conselho Universitário
Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe)

Órgão de Fiscalização
Conselho de Curadores

Órgãos Consultivos
Conselho de Diretores
Conselho de Integração Comunitária
Secretaria dos Órgãos de Deliberação Superior – Sods
Auditoria Geral

Reitoria

Pró-Reitorias
Pró-Reitoria de Administração – PRA
Departamento de Logística de Suprimentos e de Serviços Operacionais - DLO
Departamento de Gestão Ambiental - DGA
Pró-Reitoria de Extensão – Proex
Centro Cultural da UFMG
Coral Ars Nova
Teatro Universitário
Pró-Reitoria de Graduação – Prograd
Comissão Permanente do Vestibular – Copeve
Pró-Reitoria de Pesquisa – PRPq
Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica – CT&IT
Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento – Proplan
Departamento de Contabilidade e Finanças – DCF
Pró-Reitoria de Pós-Graduação – PRPG
Pró-Reitoria de Recursos Humanos - PRORH
Comissão Permanente de Pessoal Docente – CPPD
Departamento de Administração de Pessoal - DAP
Departamento de Desenvolvimento de Recursos Humanos

Procuradoria Federal na UFMG

Assessorias

Coordenadoria de Assuntos Comunitários - CAC

Diretorias

Diretoria de Divulgação e Comunicação Social
Centro Audiovisual - CAV
Coordenadoria de Comunicação Social - CCS

Diretoria de Ação Cultural

Diretoria de Cooperação Institucional

Diretoria de Relações Internacional

Diretoria de Tecnologia da Informação

Diretoria para Assuntos Estudantis - DAE
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Prédio da Reitoria, sala 5028
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefone: 3409-4567
E-mail: info@dae.ufmg.br

Diretoria de Avaliação Institucional - DAI
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Prédio da Reitoria, sala 5028
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefone: 3409-5516 Fax: 3409-4130
E-mail: info@dai.ufmg.br

Diretoria de Arquivos Institucionais - DIARQ
Diretor: Renato Pinto Venâncio
Vice-Diretora: Júnia Terezinha Morais Ramos
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Biblioteca Central - Sala 120
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefones: 3409-3841 / 3409-6120
E-mail: info@diarq.ufmg.br

Políticas de gestão e entrada de documentos

Prédios

Campus Pampulha
Na década de 40, foi criado o campus Pampulha. Os primeiros prédios construídos na Cidade Universitária foram os do Instituto de Mecânica (atual Coltec) e da Reitoria.

Com o passar dos anos, foram criados novos cursos: Veterinária (1961), Biblioteconomia (1963), Belas-Artes (1963) e Educação Física (1969).

Durante muitos anos, o campus Pampulha permaneceu semi-adormecido. Só foi efetivamente ocupado pela comunidade universitária a partir da década de 60, com a construção dos principais prédios. Hoje existem na Pampulha 12 unidades acadêmicas, o Centro Pedagógico (escola de 1º grau), o Colégio Técnico (2º grau) e os órgãos e setores que administram a Universidade.

Campus Saúde
No campus Saúde, estão a Faculdade de Medicina, a Escola de Enfermagem e o Hospital das Clínicas, considerado centro de referência e excelência. Ele é formado por um prédio principal e sete ambulatórios e abriga as atividades de 1.400 estudantes de Medicina, 200 de Enfermagem e muitos acadêmicos de cursos como Farmácia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia e Nutrição.

Campus Regional de Montes Claros

Em apenas seis anos, o tradicional colégio agrícola da UFMG, em Montes Claros, transformou-se em campus avançado, com dois cursos de graduação, um mestrado voltado para o desenvolvimento de tecnologias de convivência com o semi-árido do Norte mineiro, e ampla inserção local, por meio de cursos e projetos de extensão.O campus da UFMG em Montes Claros é uma fazenda-escola, localizada a sete quilômetros do centro da cidade, com área de 232,32 hectares. Ao lado dos cursos superiores, ainda hoje funciona na Unidade o Colégio Agrícola Antônio Versiani Athayde, criado em abril de 1964 e incorporado ao patrimônio da Universidade em 1968.

Outras Unidades

Além das unidades localizadas nos campi Pampulha e Saúde, a UFMG possui ainda outras no centro de Belo Horizonte e bairros periféricos. De acordo com o projeto de construção da Universidade, algumas dessas unidades devem ser transferidas, gradualmente, para o campus Pampulha. Foi o que ocorreu, recentemente, com a Faculdade de Ciências Econômicas e a Escola de Engenharia.

Encontra-se no centro da capital a Faculdade de Direito. No bairro Funcionários está instalada a Escola de Arquitetura.

A Universidade conta ainda com alguns órgãos localizados fora de seus dois campi principais. Nesta situação encontra-se o Centro Cultural, o Conservatório UFMG e a Fundação Mendes Pimentel, instalados no centro, e o Museu de História Natural e Jardim Botânico, localizado no bairro Horto.

Acervos documentais

Instrumentos de pesquisa, guias e publicações

área de acesso

horário de funcionamento

Condição de acesso e uso

Acessibilidade

área de serviços

serviços de pesquisa

serviços de reprodução

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão ou eliminação

Línguas e escritas

  • português do Brasil

Script(s)

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Área de transferência

Contacto principal

Belo Horizonte, Minas Gerais - MG
BR