UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Área de identidad

Identificador

Forma autorizada del nombre

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Forma(s) paralela(s) de nombre

  • UFMG

Otra(s) forma(s) de nombre

Tipo

  • Universidad

Área de contacto

Tipo

Dirección

Dirección (calle)

Localidad

Belo Horizonte

Región

Minas Gerais - MG

Nombre del país

Brasil

Código postal

Teléfono

Fax

Correo electrónico

Notas

Área de descripción

Historia

Em Minas Gerais, a primeira instituição de nível superior - a Escola de Farmácia, de Ouro Preto - data de 1839. Em 1875 é criada a Escola de Minas e, em 1892, já no período republicano, a antiga capital do Estado ganha também a Faculdade de Direito.

Em 1898, com a mudança da capital, a Faculdade de Direito é transferida para Belo Horizonte. Depois, em 1907, criou-se a Escola Livre de Odontologia e, quatro anos mais tarde, a Faculdade de Medicina e a Escola de Engenharia. E em 1911, surge o curso de Farmácia, anexo à Escola Livre de Odontologia.

A criação de uma universidade no Estado já fazia parte do projeto político dos Inconfidentes. A idéia, porém, só veio a concretizar-se em 1927, com a fundação da Universidade de Minas Gerais (UMG), instituição privada, subsidiada pelo Estado, surgida a partir da união das quatro escolas de nível superior então existentes em Belo Horizonte. A UMG permaneceu na esfera estadual até 1949, quando foi federalizada. Ainda na década de 40, foi incorporada ao patrimônio territorial da Universidade uma extensa área, na região da Pampulha, para a construção da Cidade Universitária. Os primeiros prédios erguidos onde é hoje o campus Pampulha foram o do Instituto de Mecânica (atual Colégio Técnico) e o da Reitoria. O campus só começou a ser efetivamente ocupado pela comunidade universitária nos anos 60, com o início da construção dos prédios que hoje abrigam a maioria das unidades acadêmicas.

O nome atual - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - só foi adotado em 1965.

À época da federalização, já estavam integradas à UFMG a Escola de Arquitetura e as faculdades de Filosofia e de Ciências Econômicas. Depois, como parte de sua expansão e diversificação, a Universidade incorporou e criou novas unidades e cursos. Surgiram então, sucessivamente, a Escola de Enfermagem (1950), a Escola de Veterinária (1961), o Conservatório Mineiro de Música (1962) e as escolas de Biblioteconomia (1962), Belas-Artes (1963) e Educação Física (1969).

Em 1968, a Reforma Universitária impôs profunda alteração à estrutura orgânica da UFMG. Desta reforma resultou o desdobramento da antiga Faculdade de Filosofia em várias faculdades e institutos. Surgiram, assim, a atual Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, o Instituto de Ciências Biológicas, o Instituto de Ciências Exatas e seus respectivos ciclos básicos, o Instituto de Geociências e as faculdades de Letras e de Educação.

Hoje, firmemente estabelecida como instituição de referência para o resto do país, a UFMG continua em franca expansão. Cinco cursos foram criados nos últimos quatro anos: Agronomia (em Montes Claros), Artes Cênicas, Engenharia de Controle e Automação, Matemática Computacional, Fonoaudiologia e, mais recentemente, Nutrição. As oportunidades de ingresso crescem continuamemente. Além de Belo Horizonte, o exame vestibular é agora realizado em doze cidades no interior do Estado - Conselheiro Lafaiete, Contagem, Coronel Fabriciano, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberlândia e Viçosa.

Contexto geográfico y cultural

Mandatos/Fuentes de autoridad

Estructura administrativa

Órgãos de deliberação superior

Conselhos
Conselho Universitário
Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe)

Órgão de Fiscalização
Conselho de Curadores

Órgãos Consultivos
Conselho de Diretores
Conselho de Integração Comunitária
Secretaria dos Órgãos de Deliberação Superior – Sods
Auditoria Geral

Reitoria

Pró-Reitorias
Pró-Reitoria de Administração – PRA
Departamento de Logística de Suprimentos e de Serviços Operacionais - DLO
Departamento de Gestão Ambiental - DGA
Pró-Reitoria de Extensão – Proex
Centro Cultural da UFMG
Coral Ars Nova
Teatro Universitário
Pró-Reitoria de Graduação – Prograd
Comissão Permanente do Vestibular – Copeve
Pró-Reitoria de Pesquisa – PRPq
Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica – CT&IT
Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento – Proplan
Departamento de Contabilidade e Finanças – DCF
Pró-Reitoria de Pós-Graduação – PRPG
Pró-Reitoria de Recursos Humanos - PRORH
Comissão Permanente de Pessoal Docente – CPPD
Departamento de Administração de Pessoal - DAP
Departamento de Desenvolvimento de Recursos Humanos

Procuradoria Federal na UFMG

Assessorias

Coordenadoria de Assuntos Comunitários - CAC

Diretorias

Diretoria de Divulgação e Comunicação Social
Centro Audiovisual - CAV
Coordenadoria de Comunicação Social - CCS

Diretoria de Ação Cultural

Diretoria de Cooperação Institucional

Diretoria de Relações Internacional

Diretoria de Tecnologia da Informação

Diretoria para Assuntos Estudantis - DAE
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Prédio da Reitoria, sala 5028
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefone: 3409-4567
E-mail: info@dae.ufmg.br

Diretoria de Avaliação Institucional - DAI
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Prédio da Reitoria, sala 5028
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefone: 3409-5516 Fax: 3409-4130
E-mail: info@dai.ufmg.br

Diretoria de Arquivos Institucionais - DIARQ
Diretor: Renato Pinto Venâncio
Vice-Diretora: Júnia Terezinha Morais Ramos
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha
Biblioteca Central - Sala 120
31270-901 - BELO HORIZONTE - MG
Telefones: 3409-3841 / 3409-6120
E-mail: info@diarq.ufmg.br

Administración de registros y políticas de recolección

Edificios

Campus Pampulha
Na década de 40, foi criado o campus Pampulha. Os primeiros prédios construídos na Cidade Universitária foram os do Instituto de Mecânica (atual Coltec) e da Reitoria.

Com o passar dos anos, foram criados novos cursos: Veterinária (1961), Biblioteconomia (1963), Belas-Artes (1963) e Educação Física (1969).

Durante muitos anos, o campus Pampulha permaneceu semi-adormecido. Só foi efetivamente ocupado pela comunidade universitária a partir da década de 60, com a construção dos principais prédios. Hoje existem na Pampulha 12 unidades acadêmicas, o Centro Pedagógico (escola de 1º grau), o Colégio Técnico (2º grau) e os órgãos e setores que administram a Universidade.

Campus Saúde
No campus Saúde, estão a Faculdade de Medicina, a Escola de Enfermagem e o Hospital das Clínicas, considerado centro de referência e excelência. Ele é formado por um prédio principal e sete ambulatórios e abriga as atividades de 1.400 estudantes de Medicina, 200 de Enfermagem e muitos acadêmicos de cursos como Farmácia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia e Nutrição.

Campus Regional de Montes Claros

Em apenas seis anos, o tradicional colégio agrícola da UFMG, em Montes Claros, transformou-se em campus avançado, com dois cursos de graduação, um mestrado voltado para o desenvolvimento de tecnologias de convivência com o semi-árido do Norte mineiro, e ampla inserção local, por meio de cursos e projetos de extensão.O campus da UFMG em Montes Claros é uma fazenda-escola, localizada a sete quilômetros do centro da cidade, com área de 232,32 hectares. Ao lado dos cursos superiores, ainda hoje funciona na Unidade o Colégio Agrícola Antônio Versiani Athayde, criado em abril de 1964 e incorporado ao patrimônio da Universidade em 1968.

Outras Unidades

Além das unidades localizadas nos campi Pampulha e Saúde, a UFMG possui ainda outras no centro de Belo Horizonte e bairros periféricos. De acordo com o projeto de construção da Universidade, algumas dessas unidades devem ser transferidas, gradualmente, para o campus Pampulha. Foi o que ocorreu, recentemente, com a Faculdade de Ciências Econômicas e a Escola de Engenharia.

Encontra-se no centro da capital a Faculdade de Direito. No bairro Funcionários está instalada a Escola de Arquitetura.

A Universidade conta ainda com alguns órgãos localizados fora de seus dois campi principais. Nesta situação encontra-se o Centro Cultural, o Conservatório UFMG e a Fundação Mendes Pimentel, instalados no centro, e o Museu de História Natural e Jardim Botânico, localizado no bairro Horto.

Fondos

Instrumentos de descripción, guías y publicaciones

Área de acceso

Horario de apertura

Condiciones de acceso y requisitos

Accesibilidad

Área de servicios

Servicios para la investigación

Servicios de reproducción

Áreas públicas

Área de control

Identificador de la descripción

Identificador de la institución

Reglas y/o convenciones usadas

Estado de elaboración

Nivel de detalle

Fechas de creación, revisión o eliminación

Idioma(s)

  • portugués de Brasil

Escritura(s)

Notas de mantención

Puntos de acceso

Puntos de acceso

  • Portapapeles

Contacto principal

Belo Horizonte, Minas Gerais - MG
BR