Fonds - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU

Parceria Pública Privado de Habitação no Centro - Projeto Casa Paulista Arquitetura na forma simples - Panela de pressão

Identity area

Reference code

Title

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU

Date(s)

Level of description

Fonds

Extent and medium

Context area

Name of creator

(1934)

Administrative history

Criada em 1934, a Universidade de São Paulo é uma das mais importantes instituições de nível superior do Brasil. O talento e dedicação dos docentes, alunos e funcionários têm sido reconhecidos por diferentes rankings mundiais, criados para medir a qualidade das universidades a partir de diversos critérios, principalmente os relacionados à produtividade científica.

Archival history

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU – foi fundada em 1948, tendo se originado do antigo curso de engenheiro-arquiteto da Escola Politécnica da mesma Universidade. Seu fundador e primeiro diretor foi o Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, responsável pela formação urbanística no antigo curso e principal organizador de novos conteúdos específicos naquele que se formava. Em seus primeiros anos, o curso da FAU combinava as disciplinas técnicas originais do antigo modelo, praticamente inalteradas, com elementos do currículo padrão da Escola Nacional de Belas Artes, organizados em disciplinas como plástica, modelagem, arquitetura de interiores, grandes e pequenas composições.

Essa combinação envolvia uma grande assimetria programática e didática entre conteúdos, uma vez que – como destacava o Arq. Carlos Milan – “as cadeiras de formação técnica eram habitualmente regidas por engenheiros, enquanto as chamadas cadeiras artísticas eram dadas por artistas plásticos, (…) lecionadas de formas muito semelhantes, senão idênticas, às adotadas para a formação de engenheiros e de artistas plásticos”. Com a reforma curricular de 1962, na qual tiveram destaque docentes como Vilanova Artigas, Carlos Milan, e Lourival Gomes Machado, dentre outros, estabeleceram-se os fundamentos da estrutura de ensino que posteriormente viria a formar os três departamentos da FAU: Projetos, História da Arquitetura e Tecnologia da Arquitetura.
Este reconhecimento da arquitetura como espaço intelectual de convergência das artes, das humanidades e das técnicas, até hoje tem permitido à FAU absorver diferentes temas específicos que passaram a integrar o conjunto das atribuições profissionais dos arquitetos sem abrir mão de um processo de formação ampla e generalista. O ensino de pós-graduação foi formalmente instituído na FAU em 1972. De início restrito ao Mestrado, o curso logo evoluiu para o oferecimento de Doutorado, vindo a constituir-se no maior programa de pós-graduação da área no país. Até recentemente a FAU era a única instituição no Brasil a oferecer doutorado em arquitetura e urbanismo. Por isso grande parte dos docentes hoje mais titulados de outros programas de pós-graduação da área, em todo o país, realizou suas pesquisas de doutorado na FAU.

A prática de pesquisa, embora marcante desde os primeiros anos da FAU como unidade autônoma, foi pouco institucionalizada até fins da década de 1980. O exercício intelectual da análise, da crítica e da síntese, típico da prática da arquitetura, deu origem a métodos peculiares de apreensão da realidade e de proposição identificados parcial e simultaneamente com metodologias de pesquisa consolidadas em outros segmentos das grandes áreas das ciências sociais aplicadas, das artes e da tecnologia. Paradoxalmente, esse trânsito multidisciplinar fez com que a atividade intelectual da arquitetura e urbanismo não se identificasse plenamente com nenhum dos referenciais reconhecidos de produção acadêmica, o que dificultou sua institucionalização nos sistemas mais amplos de registro e disseminação. Hoje é marcante o esforço da Unidade no sentido de adequar sua produção acadêmica a metas organizadas segundo as finalidades de ensino, pesquisa e extensão universitária que estruturam a Universidade de São Paulo, respeitadas as especificidades do perfil intelectual necessariamente pluralista do arquiteto.

Immediate source of acquisition or transfer

Content and structure area

Scope and content

Appraisal, destruction and scheduling

Accruals

System of arrangement

Conditions of access and use area

Conditions governing access

Conditions governing reproduction

Language of material

  • Brazilian Portuguese

Script of material

Language and script notes

Physical characteristics and technical requirements

Finding aids

Allied materials area

Existence and location of originals

Existence and location of copies

Related units of description

Related descriptions

Notes area

Alternative identifier(s)

Access points

Subject access points

Place access points

Name access points

Genre access points

Description control area

Description identifier

Institution identifier

Rules and/or conventions used

Status

Level of detail

Dates of creation revision deletion

Language(s)

Script(s)

Accession area

Related subjects

Related people and organizations

Related genres

Related places