CINEMATECA DO MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO DE JANEIRO

Área de identificação

Identificador

BR RJCMAM

Forma autorizada do nome

CINEMATECA DO MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO DE JANEIRO

Forma(s) paralela(s) de nome

Outra(s) forma(s) do nome

Tipo

  • Municipal

Área de contato

 

Ricardo Cota

Tipo

Curador

Endereço

Endereço

Av Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo

Localidade

Rio de Janeiro

Região

Rio de Janeiro - RJ

Nome do país

Brasil

Código Postal

20021-140

Telefone

Fax

Email

Nota

área de descrição

história

A Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro foi fundada oficialmente em 7 de julho de 1955, ainda com o nome de Departamento do Filme do MAM e cumprindo a determinação original do museu de incorporar o cinema ao arco de exposição/exibição das expressões artísticas modernas. Ao longo de seis décadas de existência o setor estruturou-se em arquivo de filmes, centro de documentação correlata e sala de exibição audiovisual dos diferentes suportes, formatos, bitolas e padrões que o cinema e as demais formas de imagens em movimento assumiram ao longo do tempo, cobrindo película, magnético e digital.

A história da Cinemateca compreende um vasto número de iniciativas em termos de mostras, festivais, programas itinerantes, programação de salas comerciais, apoio à produção e finalização de filmes, coleta, conservação, recuperação e restauração de títulos brasileiros e estrangeiros, cursos, atendimento a pesquisas, principalmente de graduação e pós-graduação, realização de exposições documentais, colóquios, encontros, seminários e debates, formação de plateias e desenvolvimento de projetos pedagógicos, sem falar em pré-estreias de filmes, lançamento de livros, exibição de filmes silenciosos acompanhados de música ao vivo e performances interativas.

contexto cultural e geográfico

Mandatos/Fontes de autoridade

estrutura administrativa

Políticas de gestão e entrada de documentos

Prédios

Acervos documentais

O acervo acumulado atinge atualmente cerca de 80 mil rolos de filmes, 60 mil títulos em mídias magnéticas e digitais, biblioteca com 10 mil volumes, arquivo documental com 28 mil dossiês de publicidade e imprensa, 250 mil negativos e cópias de fotografias, 22 mil cartazes de filmes e eventos, além de catálogos, filmografias, obras de referência, brinquedos, equipamentos e diversas outras tipologias documentais. Com exceção da maior parte dos originais fílmicos, que estão na Cinemateca em regime de comodato e só podem ser consultados mediante autorização do detentor de direitos, o restante do acervo encontra-se aberto à consulta pública de forma gratuita. Parte do acervo já se encontra digitalizado e um importante arquivo pessoal como do crítico Alex Viany, está disponível para consulta on line na rede mundial de computadores.

Instrumentos de pesquisa, guias e publicações

área de acesso

horário de funcionamento

De Terça à Sexta das 12h às 18h. Sábados, dom e feriados das 11h às 18h (bilheteria fecha 17h30)

Condição de acesso e uso


  • COMODATOS: Os arquivos particulares em comodato, por sua condição especial, só podem ser consultados mediante autorização dos depositantes ou detentores legais, com exceção do Arquivo Alex Viany, digitalizado e disponibilizado para consulta pública direta na internet.

Acessibilidade

área de serviços

serviços de pesquisa

serviços de reprodução

Áreas públicas

Área de controle

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão ou eliminação

Línguas e escritas

  • português do Brasil

Script(s)

Fontes

MUSEU DE ARTE MODERNA DO RIO. Apresentação. Disponível em: <http://mamrio.org.br/wp/museu_cinemateca/apresentacao/> Acesso em 09 de jul. de 2017

Notas de manutenção

Pontos de acesso

Pontos de acesso

  • Área de transferência

Contacto principal

Av Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ
BR 20021-140